.Introdução

Olá a todos! Obrigada por virem ao meu blog, ler/dar a opinão/recomendar a história que eu criei, inspirada na "Saga Luz e Escuridão" ou "Saga Crepusculo" - como é mais conhecida . O título é provisório, para este primeiro post, pedia comentários sobre o título e exemplos de títulos que não se importem que eu use.

Daylight é a história como uma rapariga normal - Ang ou Angelique - se tornou em vampira, com várias peripécias apartir daí.


Não se esqueçam de de recomendar o blog Daylight aos vossos amigos, etc.


Obrigada!
Sexta-feira, 2 de Abril de 2010

Capítulo III - Famílias

Lá fora estava um dia chuvoso, que me fez lembrar a minha mãe, que odiava chuva.
Comecei a pensar no que ia dizer á minha mãe e ao meu irmão Mattew - ou Matt -, já que não lhes podia dizer a verdade.
- Angelique, já decidiste o que é que vais dizer á tua família? Tens que os sossegar... - ao dizer isto, Elijah despertou-me do meu transe.
- Eu? Ah... Não, não pensei nisso. - respondi, meia atarantada.
- Ang, não te preocupes! Eu falei com o Matt e expliquei-lhe o que se passava. - disse Mickael.
- A verdade, Mickael?! - Musette paresi indignada.
- Sim, Musette. Já que a culpa foi nossa, achei que a podiamos ajudar em relação á família! - replicou.
- Mas tu estás maluco? Tu... - explodiu Ella.
- Tu cala-te Ella, se não fosse o teu querido Tam, nada disto tinha acontecido! - defendeu Gail.
A esta altura resolvi intrevir, antes que rebentasse a 3ª guerra mundial:
- Hum... Mickael, o que é que lhe disseste exactamente?
- Toda a verdade, tal como te disse a ti á uns tempos atrás. Ele reagiu bastante bem e prometeu contar á tua mãe. Vai-lhe dizer também que só os podes ver daqui a mias ou menos 6 meses devido á tua sede e á cor dos teus olhos. - explicou.
- 6 meses?! Tanto tempo... Já imaginava, mas mesmo assim... E disseste-lhe que era o maior segredo do mundo? Que nunca, jamais podiam dizer a alguém? - perguntei aflita.
- Claro, Ang! Não te preocupes meu amor!
- Vou tentar...

Passei as primeiras horas da minha nova vida a tentar habituar-me ao meu novo corpo, que estava muito mais forte e ágil; o meu cabelo ruivo e os meus olhos verdes também mudaram: o mau cabelo, que era pelos ombros, cresceu até meio das costas em 3 dias e ps meus olhos tornaram-se vermelho-vivo.
Depois, surgiu a sede. Estava a demorar, eu pensava que fosse imediata. 
Não conseguia aguentar, parecia que a minha garganta estava em chamas.
- Mickael, a minha garganta... - murmurei eu.
- Sim, Ang, eu sei! Vamos caçar, vem comigo! - chamou Mickael.
- C-caçar? Eu não sei caçar! - respondi, entrando em pânico.
- Não te preocupes, amor! Segue os teus instintos. 

Fomos para a floresta atrás da casa e um cheiro novo chegou ao meu nariz. Era doce e amargo ao mesmo tempo. Entretanto, surgiu-me uma imagem na cabeça, era um alce e eu senti que estaria mais ou menos a 800 metros do sítio onde eu me encontrava.
- Mickael, isto é normal? Estou a ver um alce, na minha cabeça! - chamei. - Estás? Hum... Parece-me que tens um dom parecido com o de Ella... - respondeu ele, desconfiado.
- Parecido comm o de Ella? Ah... - não gostei de ter um dom parecido com o dela - Como é que funciona, mesmo?
- Acho que tu consegues ver onde está qualquer coisa a que sintas o cheiro, - explicou ele - consegues ver mais alguma coisa? 
- Não, mas consigo perceber que está a 800 metros daqui. - respondi.
- Consegues?! Isso é fantástico! Ella não consegue! - Mickael estava eufórico - Vamos falar com ela! 
- Ah... Vamos falar com aquela que te ama, não é ? Que bom...


publicado por daylighter às 17:38
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De ana a 3 de Abril de 2010 às 18:13
este capitulo é curtinho mas está muito bom. Continua!! Quero ver o resenrolar da história =D


De ana a 3 de Abril de 2010 às 18:18
desenrolar**


De sophie a 7 de Abril de 2010 às 19:58
tou a gostar da historia, parece interessante e estou tb ansiosa para saber o final!!
continua a escrever!
e boa sorte


De Ana a 22 de Abril de 2010 às 21:51
Está super fixe! Tens de continuar a escrever. E já agora podias publicá-lo. Como livro... Tu sabes o que quero dizer.


De Joana a 28 de Abril de 2010 às 20:19
Brutal!!
Assério, tens de continuar a escrever!!


De maria a 6 de Maio de 2010 às 19:22
achei bastante interessante! também sou uma fã de longa data da saga "luz e escuridão". acho que escreves muito bem e que um dia podias publicar o teu livro, FORÇA não tenho menor duvida de que vais ser capaz! Só acho é que tens alguma cenas que tão um bocado curtas e algumas emoções um bocadinho confusas, mas continua assim tas a ir num bom caminho e o q te digo é apenas uma dica construtiva. Vou ficar a espera de mais, e vou continuar a querer ler mais...
bijinhos e muita sorte! estou ctg!


De catarina a 2 de Junho de 2010 às 12:08
Oi,é só para dizer que estou a curtir bué a tua história!
Continua a escrever, estou ansiosa para saber o final e espero que não demores muito tempo porque a tua fã nº1 está a espera!


De anacja_4ever1992 a 27 de Junho de 2010 às 21:29
Olaa, acho interessante a historia *
Bom trabalho!

Humm, deve ser um pouco puxado ao fzr ou copiar isso td, mas ate ficou fixe! Adorei


De ana a 14 de Julho de 2010 às 15:22
gostava que continuasses... mas nunca mais o fizeste! continua...assério! tava a ficar mt giro!


De Toxic Designs a 15 de Agosto de 2011 às 20:05
Olá! Achas que precisas de um novo visual para o teu site? O teu está bom, mas queres algo novo? Sim? Nós temos a solução!! Visita já o Toxic Designs (http://toxic-designs.starszz.com) e encomenda! =D E mais! Nós não cobramos nada!!!!! Visita Já! Estamos à espera da tua encomenda!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.ATENÇÃO!

Comentários serão sempre bem-vindos, quando que não ofendendo a escritora (eu) ou as outras pessoas que lêm a história. Comentários considerados abusivos, serão imediatamente apagados do blog. Obrigada

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Capítulo III - Famílias

. Capítulo II - Ella e Tam

. Capítulo I - Por um insta...

. Sobre a fanfic!

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

.tags

. todas as tags